Tenho microvarizes (vasinhos), e agora?

Tenho microvarizes (vasinhos), e agora?

Tenho microvarizes (vasinhos), e agora? Respondo à esta pergunta muito frequente. O que são microvarizes? Microvarizes são veias dérmicas (na pele) com até 1 mm de diâmetro. Embora possam estar conectadas com veias doentes (varizes) elas por si só não representam doença venosa, contudo, são muito importantes do ponto de vista estético. O que as provocam? Suas causas são variadas, mas destacam-se, a genética pessoal, os hormônios femininos e o envelhecimento. Como se tratam? Os tratamentos medicamentosos somente atuam nos sintomas, quando existem (sensação de Continue lendo

Tenho Trombose Venosa Profunda, e agora?

Tenho Trombose Venosa Profunda, e agora?

Tenho Trombose Venosa Profunda, e agora? Neste post abordarei as principais dúvidas sobre o tratamento e a evolução da trombose venosa profunda (TVP) partindo do princípio que o diagnóstico correto já foi realizado. A trombose venosa profunda pode ocorrer em qualquer segmento venoso profundo do corpo humano, sendo porém mais comum nos membros inferiores e veias ilíacas. As tromboses venosas profundas se dividem em duas fases; a aguda e a crônica. Fase aguda – até aproximadamente três semanas após seu início. Na fase aguda os Continue lendo

Veia dilatada é varize?

Veia dilatada é varize?

Veia dilatada é varize? Recebo frequentemente perguntas sobre se veias dilatadas nas pernas e até nos braços são varizes. As veias são divididas em superficiais e profundas, sendo as superficiais visíveis. Sabemos também que as veias trazem o sangue de volta ao coração, ou seja, nelas o sentido do fluxo é centrípeto (para o centro). Contudo, elas também têm função de ser uma espécie de reservatório de sangue para o nosso próprio corpo, além de ajudarem na regulação da temperatura corporal. Explicando melhor a função Continue lendo

Há como evitar varizes?

Há como evitar varizes?

Há como evitar varizes? Este é um ótimo assunto, mas vamos por parte. Para saber como evitar as varizes, primeiro vamos lembrar dos fatores que provocam ou favorecem o seu aparecimento. O mais importante fator desencadeante é a tendência genética transmitida pelos pais e deste não temos como fugir. Os outros fatores são chamados de agravantes e destes temos como driblar alguns. Entre os principais fatores agravantes estão as gestações, o sedentarismo, longas permanências em imobilidade, obesidade, envelhecimento e situações que ocorrem após tromboses venosas nos Continue lendo

Meias elásticas, o que você deve saber sobre elas.

Meias elásticas, o que você deve saber sobre elas.

Meias elásticas, o que você deve saber sobre elas. Dr. Abdo Farret Neto  Principais modelos de meias elásticas  Existem muitos modelos de meias elásticas, mas vamos falar sobre os mais comuns e com finalidades terapêuticas. Os modelos se diferenciam basicamente pelo comprimento, compressão, usos e tipos de tecidos. Quanto ao comprimento existem basicamente quatro tipos. As tornozeleiras (não eletrônicas…) que cobrem o pé deixando os dedos de fora e se estendem até logo acima do tornozelo. As que cobrem até logo abaixo do joelho (chamadas Continue lendo

Tenho varizes, e agora?

Tenho varizes, e agora?

Tenho varizes, e agora? Ok, ok…, vamos analisar por etapas… Em primeiro lugar, que tipo de varizes você tem? São Microvarizes (Telangiectasias); varizes de pequeno, médio ou grosso calibre? Há comprometimento das veias safenas? Se o seu caso for de Microvarizes, fique sabendo que elas têm somente uma implicação estética, embora em algumas raras ocasiões possam apresentar sangramentos. O tratamento das Microvarizes é realizado pelas sessões de escleroterapias em consultório e também associadas à cirurgia de varizes quando esta for realizada. As escleroterapias podem ser Continue lendo

Como prevenir as principais doenças circulatórias arteriais

Como prevenir as principais doenças circulatórias arteriais

Como prevenir as principais doenças circulatórias arteriais Preparei uma video aula de quatro minutos sobre as principais doenças arteriais e como preveni-las. Assistam pelo link https://youtu.be/UIHsXuOgW6s Convido a visitarem meu canal no YouTube e assistirem outros casos e aulas interessantes em Angiologia e Angiorradiologia. Abraços Dr. Abdo Farret Neto  

Úlceras e feridas que não cicatrizam

Úlceras e feridas que não cicatrizam

Úlceras e feridas que não cicatrizam. Este é um assunto muito interessante na medida que são muito frequentes as consultas de pacientes que apresentam úlceras ou feridas que não cicatrizam. Você sabe qual é a diferença entre uma úlcera e uma ferida da pele? Ferida é uma perda da integridade da pele e demais tecidos através de um trauma (fonte externa) como uma faca, caco de vidro ou mesmo um bisturi (ferida operatória). Neste caso o tecido estava saudável até o momento anterior ao trauma, Continue lendo

A veia do Coração

A veia do Coração

É frequente a preocupação de que a Veia Safena seja a veia do coração e tenha implicação direta com este órgão. Assim, alguns pacientes ficam muito ansiosos quando recebem a informação que suas Safenas estão doentes (insuficientes ou incompetentes). Mas Coração tem veia? Sim, como qualquer outro órgão do corpo. Todo sistema de irrigação sanguínea é constituído basicamente por vasos arteriais (artérias) que irrigam com sangue oxigenado e nutrientes e vasos venosos (veias) que devolvem o sangue com gás carbônico e outros catabólicos (restos da digestão Continue lendo

Principais sistemas de fechamentos percutâneos

Principais sistemas de fechamentos percutâneos

Os sistemas de fechamentos percutâneos são muito utilizados em Angiorradiologia. Os mecanismos de disparos as vezes são complexos e geram muitas dúvidas. Assim, preparei uma revisão com três videos sobre os sistemas mais frequentemente empregados. Espero que gostem. Percutaneous closure systems are widely used in Angiorradiology. The mechanisms of firing are sometimes complex and generate many doubts. So, I have prepared a review with three videos about the most frequently used systems. I hope you like it. https://youtu.be/MBj6zJd5DeM

COMO RETIRAR UM CATETER QUEBRADO DENTRO DA CIRCULAÇÃO

COMO RETIRAR UM CATETER QUEBRADO DENTRO DA CIRCULAÇÃO

COMO RETIRAR UM CATETER QUEBRADO DENTRO DA CIRCULAÇÃO Neste vídeo, monstro como retirar um fragmento de cateter solto dentro da artéria Poplítea esquerda através de cateterismo feito pela artéria Femoral direita. Um cateter terapêutico foi avançado até as proximidades do fragmento do cateter, um fio guia foi passado por dentro do cateter quebrado seguido pela colocação de um balão de angioplastia. Este balão foi deixado propositalmente parcialmente para fora do cateter quebrado e foi insuflado. Após a insuflação do balão, criando atrito no cateter quebrado, Continue lendo

Protocolo de Profilaxia de Tromboembolismo Venoso em Pacientes Internados

Protocolo de Profilaxia de Tromboembolismo Venoso em Pacientes Internados

Excelente protocolo elaborado pelo Hospital Sírio Libanês para profilaxia de TVP (trombose venosa profunda) em pacientes internados. Faça o download do arquivo em pdf: protocolo-profilaxia-tromboembolismo H Sírio Libanês Combater a trombose venosa profunda é o paço mais importante para evitar a embolia pulmonar e suas potenciais graves consequências.

Iniciando o Blog

Iniciando o Blog

Iniciando o Blog Olá, Sou Dr. Abdo Farret Neto e gostaria de apresentar no blog as propostas deste site, assim como, aspectos relacionados as minhas especialidades, Angiologia, Cirurgia Vascular e Angiorradiologia. Neste espaço, disponibilizarei notícias e assuntos que julgar de interesse para o público leigo, e no espaço acadêmico para médicos e estudantes de medicina. No site, há um espaço dedicado a divulgação do livro Angiologia para Clínicos que idealizei e publiquei pela Editora Rúbio do Rio de Janeiro. O livro é voltado para médicos Continue lendo