Quanto tempo é a recuperação de uma cirurgia de varizes?

Quanto tempo é a recuperação de uma cirurgia de varizes?

 

Muitas pessoas deixam de operar varizes porque “não têm tempo”…

Varizes é uma doença que possui vários estágios, gravidades e complicações. Contudo, por mais diversas que sejam as técnicas cirúrgicas utilizadas para suas correções, acabam recebendo o mesmo nome: cirurgia de varizes.

Vamos esclarecer melhor.

Varizes são veias doentes e devem ser eliminadas, certo? Se forem apenas varizes isoladas sem comprometimento das Safenas, basta retirá-las com micro-incisões sob anestesia local e sedação. Este procedimento é realizado em nível ambulatorial e não leva pontos. Sendo assim, no dia seguinte à cirurgia a(o) paciente já estará liberado para as atividades normais do dia a dia e voltar as atividades físicas tão logo se sinta em condições. Sim, pode subir escadas, tomar banho de chuveiro, pegar crianças no colo e comer tudo que antes não lhe fazia mal. A única restrição se refere a banhos de Sol enquanto os hematomas e equimoses não sumirem, evitando assim, o risco de manchar a pele.

E se as Safenas estiverem comprometidas e têm que serem eliminadas? Neste caso tratamos as Safenas doentes com Radiofrequência. Conforme disponível em outros posts e em vídeo no meu blog, é um método de tratamento das Safenas que utiliza um cateter muito fino introduzido por punção guiada pelo ultrassom. Desta maneira se evita os cortes nos tornozelos e virilhas e o procedimento não leva pontos e nem precisa de curativos no pós operatório. Uma meia elástica cirúrgica é colocada ao final da cirurgia no membro no qual a Safena foi tratada e mantida por 7 dias. Sendo assim, no dia seguinte a(o) paciente estará liberado do mesmo modo que no caso da retirada das varizes isoladas conforme já descrito.

Em resumo, atualmente o paciente precisa dispor de um ou dois dias longe dos afazeres para realizar a sua cirurgia de varizes!

Conforme falei no início, varizes não tratadas podem complicar e tenho visto acontecer diversas vezes, pacientes que “não tinham tempo” para tratar varizes aparecerem para tratar as complicações das varizes. Nestes casos os tratamentos costumam ser demorados e com afastamentos dos afazeres justamente para aqueles que não dispunham de tempo, o que chega a ser uma ironia. Contudo, mais irônico ainda é que após o tratamento clínico das complicações das varizes a cirurgia ainda estará esperando para ser feita…

Recado para os “sem tempo”, pensem nisso!

Abraços e até o próximo post.