Salto Alto dá Varizes! Será mesmo?

Salto alto e varizes!

Salto Alto dá Varizes!

Será mesmo?

Salto alto e varizes é um assunto muito

comentado, contudo, nuca li algum artigo realizado

com rigor científico sobre este tema.

Então vamos abordá-lo sob a luz dos fatos.

As varizes são provocadas basicamente pelos
seguintes fatores;

  • genéticos (tendência familiar),
  • alterações hormonais e do fluxo
    sanguíneo que ocorrem durante a gestação,
  • envelhecimento, que leva à
    flacidez dos tecidos,
  • obesidade que dificulta o retorno
    do sangue venoso dos membros inferiores,
  • ortostatismo prolongados nos
    casos de certas profissões que exigem uma posição em pé durante muitas horas
    por dia (porteiros, vigias, balconistas, …),
  • fatores hormonais,
  • após tromboses venosas, no caso
    das varizes secundárias.

Os mecanismos fisiológicos para o retorno sanguíneo já foram abordados noutros posts, e os mais importantes são, a compressão da esponja plantar a contração da musculatura da panturrilha e a respiração. Todos estes ocorrem quando caminhamos ou corremos.

E o salto alto? Até agora, nada!

Vamos tentar encaixar num dos fatores para
o aparecimento de varizes?

O problema é que não se encaixa em nenhum,
exceto, talvez, provocando alguma dificuldade nos mecanismos fisiológicos para
o retorno venoso…

Contudo, devemos pesar quantas horas por
dia, ou semana a pessoa passará usando sapato alto, quanto alto é salto e
quanto confortável ou desconfortável é o sapato. Ou seja, para que possa
realmente ser considerado como um fator importante, seu uso teria que ser muito
intenso e desconfortável o suficiente para atrapalhar uma caminhada normal. Não vislumbro muitas mulheres que se enquadrem nesta situação!

Portanto, simbora usar saltos (confortáveis) que vocês ficam muito elegantes!

Até o próximo post.