A veia do Coração

É frequente a preocupação de que a Veia Safena seja a veia do coração e tenha implicação direta com este órgão. Assim, alguns pacientes ficam muito ansiosos quando recebem a informação que suas Safenas estão doentes (insuficientes ou incompetentes).

Mas Coração tem veia?

Sim, como qualquer outro órgão do corpo. Todo sistema de irrigação sanguínea é constituído basicamente por vasos arteriais (artérias) que irrigam com sangue oxigenado e nutrientes e vasos venosos (veias) que devolvem o sangue com gás carbônico e outros catabólicos (restos da digestão celular). No coração temos três tipos de veias; as veias Cavas, Superior e Inferior – que trazem a maior parte do sangue do nosso corpo, as pulmonares – que trazem sangue do pulmão (neste caso ocorre uma exceção à regra, pois o sangue nelas está oxigenado) e as veias do próprio órgão, como as Interventriculares, Marginais, Cardíaca Média, Cardíaca Anterior, Grande Cardíaca e Sinus Coronário.

E as Veias Safena?

As Veias Safenas não fazem parte do sistema venoso cardíaco! Elas são longas veias superficiais localizadas nos membros inferiores. Quando funcionando adequadamente, representam cerca de 10% do retorno venoso das nossas pernas e coxas. Por serem superficiais, longas e poderem ser retiradas sem representar prejuízos para o retorno venoso dos membros inferiores, elas foram as escolhidas para realizações de pontes coronarianas e outras pontes vasculares em diversas partes da circulação do nosso corpo. No caso das pontes coronarianas, elas são retiradas das pernas, cortadas em segmentos menores, invertidas e anastomosadas (costuradas) na Aorta Ascendente e nas Artérias Coronárias que precisam receber sangue, fazendo assim pontes sobre os locais obstruídos nas Coronárias. Contudo, uma Safena doente, com paredes enfraquecidas não terá utilidade numa eventual necessidade de ponte safena. Nestes casos, a Safena não doente, ou outras veias saudáveis de outras localizações é que serão utilizadas.

Em resumo, as veias Safenas não tem relação direta com o Coração, nem com doença cardíaca, não representando associação entre ter Safena doente e estar pré-disposto a apresentar alguma doença cardíaca ou qualquer outra doença da circulação arterial. Os fatores desencadeantes de doenças circulatórias artérias e venosas costumam ser completamente diferentes entre si.

Ficou mais claro assim?

Sugiro também que leiam meu post sobre “Veia é veia, artéria é artéria”